O assassino Luis Posada Carriles, que enlutou Cuba, morreu impune

Este homem, de triste cadastro criminoso, morreu impunemente, abrigado pelos Estados Unidos, sem nunca ter pagado pelos crimes que cometeu

O assassino Luis Posada Carriles morreu. Os eventos do acidente do avião, ocorrido na passada sexta-feira, 18 de maio, reviveram a dor infinita que acompanhou Cuba em 1976, com a diferença de que aquele fato, que cortou a vida de 73 inocentes, respondeu ao desempenho sórdido desse terrorista financiado pela CIA. Morreu impune, abrigado pelos Estados Unidos, enquanto Cuba, liderada por homens de bem, soube defender seu projeto de justiça social e solidária, apesar de ser ameaçada por espíritos tão terríveis.

Leia o resto deste post

Anúncios

Raúl Castro e o presidente Miguel Díaz-Canel felicitam Nicolás Maduro

O líder cubano Raúl Castro e o presidente Miguel Díaz-Canel felicitaram hoje o recém-reeleito governante da Venezuela, Nicolás Maduro, pela vitória nas eleições presidenciais deste domingo.
Imagen relacionada
Em sua mensagem, o primeiro-secretário do Comitê Central do Partido Comunista de Cuba enviou calorosas felicitações e ressaltou que ‘o povo venezuelano deu novamente mostras de lealdade e compromisso com a Revolução bolivariana e chavista’. Leia o resto deste post

Cuba, entre os países mais comprometidos com os direitos humanos

Nossa nação teve o maior número de votos em sua eleição, pela quarta vez, como membro do Conselho dos Direitos Humanos da ONU.

Cuba aboga por reformas en Consejo de Seguridad de la ONU

«Cuba está entre os 50 países que mais ratificaram instrumentos jurídicos internacionais na área dos direitos humanos», disse a advogada Desiree Llaguno à Prensa Latina.

Ela explicou que a Ilha já assinou 44 dos 61 acordos do Conselho dos Direitos Humanos, de modo que se destaca entre os países que têm mais obrigações nesta questão em relação à comunidade internacional.

«Se valorizamos isso, do ponto de vista dos países em desenvolvimento, poderíamos dizer que Cuba está na lista dos primeiros Estados com mais obrigações no item dos direitos humanos», disse a especialista.

Leia o resto deste post

Cuba rejeita a retirada dos Estados Unidos do Acordo nuclear com Irã

Declaração do Ministério das Relações Exteriores: O Minrex expressa sua total recusa pela decisão de retirar o governo dos Estados Unidos do Plano de Ação Integral Conjunto (PAIC) ou Acordo Nuclear com Irã e restabelecer sanções a este país. O descumprimento destes compromissos internacionais atenta contra os regulamentos de convivência entre os Estados e pode provocar graves consequências para a estabilidade e a segurança no Médio Oriente.

Leia o resto deste post

As dez mentiras mais repetidas sobre os supostos incidentes com diplomatas norte-americanos em Cuba

Depois de meses de investigações, tanto estadunidenses quanto cubanas, não existe evidência alguma para justificar a acusação de que em Cuba ocorreram «ataques acústicos» contra diplomatas norte-americanos

Imagen relacionada

DEPOIS de meses de investigações, tanto estadunidenses quanto cubanas, não existe evidência alguma para justificar a acusação de que em Cuba ocorreram «ataques acústicos» contra diplomatas norte-americanos.

Contudo, o caso vem sendo manipulado com fins políticos, é utilizado para prejudicar a imagem da Revolução, em nível internacional, e usado como justificativa para medidas unilaterais que afetam diretamente o povo da Ilha maior das Antilhas.

Leia o resto deste post

Díaz-Canel recebeu o secretário-geral da ONU

Durante o cordial encontro, abordaram questões relacionadas à paz e à segurança internacional, a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável e as mudanças climáticas, em um cenário mundial convulso e perigoso.

Recibió Díaz-Canel al Secretario General de la ONU

O presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros, Miguel Diaz-Canel Bermúdez, recebeu na tarde da segunda-feira, 7 de maio, o senhor António Guterres, secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), que fez uma visita oficial ao nosso país para participar do 38º período de sessões da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal) realizado em Havana.

Leia o resto deste post

Solidariedade contra barbárie: a história de Cuba na África

Hoje se comemoram 40 anos da chacina de Cassinga, em 4 de maio de 1978, na qual morreram centenas de refugiados namibianos às mãos dos racistas sul-africanos e onde a heróica atuação cubana evitou um número maior de vítimas.

CARAVANA Cassinga

A barbárie de Cassinga representa o maior ataque perpetrado por forças racistas contra os militantes da Swapo, força política que se opunha à ocupação e dominação do território namibiano pelo governo sul-fricano.

Leia o resto deste post

1º de maio, Dia Internacional dos Trabalhadores, o povo cubano foi ator principal de um dia de celebração

Na Ilha toda, na terça-feira, 1º de maio, tiveram lugar passeatas nas quais o povo ratificou seu apoio ao projeto cubano de país, revolucionário e socialista

Resultado de imagen para 1ro de mayo 2018

NESTE dia 1º de Maio, passados 132 anos dos sucessos de Chicago, que deram lugar ao Dia Internacional dos Trabalhadores, o povo cubano foi ator principal de um dia de celebração, como prova do seu apoio à Revolução, ao Partido, e à nova liderança do país.

Na Praça da Revolução, na capital, o ato central pelo ensejo dessa data reuniu cerca de 900 mil pessoas e foi presidido pelo primeiro secretário do Partido Comunista de Cuba, general-de-exército Raúl Castro Ruz, pelo presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, e outros líderes.

Leia o resto deste post

Cuba: Somos un destino turístico seguro

O crescimento da indústria turística cubana, em meio de pressões externas e campanhas de difamação, é uma prova da confiança do setor na segurança e estabilidade da Ilha maior das Antilhas

Imagen relacionada

Leia o resto deste post

Miguel Díaz-Canel recebeu o presidente boliviano Evo Morales

O presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros de Cuba, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, recebeu na segunda-feira, 23 de abril, o presidente boliviano Evo Morales Ayma, presidente do Estado Plurinacional da Bolívia, quem faz uma visita oficial ao nosso país.

Leia o resto deste post

%d blogueiros gostam disto: