Arquivo da categoria: Nicolás Maduro Moros

Revolução avança na Venezuela, apesar de violência opositora

Caracas, (Prensa Latina) O governo da Venezuela ratificou a continuidade dos programas sociais em benefício popular, apesar do regime de violência e terror que a oposição desse país sul-americano tenta hoje impor.

O presidente Nicolás Maduro anunciou ontem a ativação do Movimento Somos Venezuela a 15 de junho, mediante o qual se reavivarão as casas alimentares da Missão Alimentação nos bairros, comunidades e cidades.
Leia o resto deste post

Declaração de apoio ao povo e ao Governo da República Bolivariana da Venezuela

Resultado de imagen para cuba y venezuelaAS deputadas e deputados da Assembleia Nacional do Poder da República de Cuba reafirmamos nosso firme e decidido apoio à irmã República Bolivariana da Venezuela, ao seu governo legítimo e à união cívico-militar que lidera o presidente constitucional Nicolás Maduro Moros, que enfrentam uma grave escalada de violência interna e intervenção internacional.

Setores oligárquicos, em conluio com interesses estrangeiros, tentaram espalhar o caos pelo país todo, com métodos terroristas. Em nome de falsos valores da democracia e dos direitos humanos têm desestabilizado o país e levado o luto a dezenas de famílias venezuelanas.

Leia o resto deste post

Justiça garante que Maduro pode convocar Constituinte sem referendo

A decisão do tribunal responde à solicitação de um recurso de interpretação dos artigos 347 e 348 da Constituição venezuelana, que estabelecem os critérios para convocar a Constituinte.
Leia o resto deste post

Nicolás Maduro convoca Assembleia Constituinte para conter crise

Leia o resto deste post

Venezuela anuncia saída da OEA; “passo gigante”, diz Maduro

“Dia 26 de abril de 2017, dia da Dignidade da Independência, dei um passo Gigante para romper com o intervencionismo Imperial #PorDignidadNosVamosDeOEA”, escreveu em sua conta no Twitter.

Em outra mensagem, Maduro pediu a “compreensão” e “solidariedade” dos povos da América Latina e do mundo “para derrotar o plano intervencionista contra Venezuela”, e solicitou ao povo de seu país que mantenha a “união cívica militar”.
Leia o resto deste post

Está na hora da unidade

Havana foi a sede de um ato de solidariedade com a Venezuela, após a celebração do 15º Conselho Político da Aliança Bolivariana para os Povos de Nossa América-Tratado de Comércio dos Povos (ALBA-TCP)

Leia o resto deste post

Pronunciamento da FEU de Cuba em solidariedade com a irmã República Bolivariana da Venezuela

República Bolivariana não está sozinha, nunca estará sozinha. Com o resguardo de Bolívar, Martí, Chávez e Fidel; com o apoio dos povos americanos continuaremos fazendo revolução, continuaremos lutando por nossos sonhos.

NÃO poderíamos dizer que é recente a agressão da mal chamada Organização dos Estados Americanos (OEA) ao povo de Bolívar, de Chávez e de Maduro. A OEA sempre esteve ao serviço dos Estados Unidos da América do Norte, cumprindo sua missão como ministério de colônias, atacando a partir da política e dos meios de difusão os governos progressistas da região, com o fim de provocar o isolamento dos mesmos e sua satanização frente à comunidade internacional. Nós os cubanos conhecemos muito bem sua estratégia, um dia fomos expulsos e nunca mais regressaremos.

Leia o resto deste post

Alinhados por uma nova cultura de paz

Resultado de imagen para MNOALILHA MARGARITA, Venezuela.—«Acreditamos profundamente na construção de uma cultura de paz, podem contar com a Venezuela para lutar em função dos interesses e a revitalização definitiva do Movimento dos Países Não Alinhados» (MNOAL), afirmou no domingo, 18 de setembro, o presidente venezuelano Nicolás Maduro no encerramento da 17ª Cúpula desse organismo multinacional.

Eleito no plenário para a nova condução da instância, o presidente declarou adotada a Declaração de Margarita, que define as 21 prioridades que regerão a gestão do bloco durante os próximos três anos.

Leia o resto deste post

Continuam marchas em apoio à Revolução Bolivariana da Venezuela

Caracas,  A população venezuelana continuará hoje as marchas e concentrações de apoio à gestão do presidente Nicolás Maduro para enfrentar a tentativa da oposição de desestabilizar a paz cidadã e asfixiar a economia do país.
Se ontem milhares de militantes e simpatizantes do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV) se reuniram no estado Barinas, ao sudoeste do país, nesta terça-feira espera-se uma concentração maior na praça Caracas. Assim constataram ontem vários líderes socialistas, que fizeram um chamado a apoiar a implementação da Grande Missão Abastecimento Soberano e Seguro, estratégia do Governo Bolivariano para ordenar a entrega de alimentos de primeira necessidade e medicamentos às famílias do país.
Leia o resto deste post

Maduro promove paz e estimula desenvolvimento econômico da Venezuela

O Governo Bolivariano continua hoje o desenvolvimento de ações para garantir a paz e estimular o crescimento econômico do país, que contrastam com o proceder desestabilizador e inconstitucional da Assembleia Nacional (AN) da Venezuela.

Nesta quarta-feira, concentra a atenção midiática a recente declaração do presidente venezuelano, Nicolás Maduro, a respeito da possibilidade de interromper a emissão de capitais ao Parlamento (de maioria opositora), por violar a constituição e desacatar de maneira contínua as decisões do poder judicial.
Leia o resto deste post

%d blogueiros gostam disto: