Arquivo da categoria: FIDEL

Sobre o comandante-chefe Fidel Castro

Imagen relacionada

Qual o legado de Fidel? A biógrafa autorizada do comandante e o mais jovem preso político exilado do Brasil respondem

Neste 13 de agosto, se estivesse vivo, Fidel completaria 91 anos. Viveu por exatas nove décadas, sendo testemunha dos maiores acontecimentos políticos do século 20 e ator fundamental da luta que impactou definitivamente a história da América Latina: a Revolução Cubana. Assim como o tempo em que viveu, Fidel é complexo e ao falar sobre ele.

Sem a pretensão de esgotar o assunto ou de falar sobre Fidel com qualquer falso distanciamento objetivo, procuramos Ernesto Nascimento e Cláudia Furiatti, dois brasileiros que moraram em Cuba e, à sua maneira, estiveram próximos dele. Eles conversaram conosco sobre a imagem que têm do líder cubano e do legado que fica após sua morte, em 25 de novembro de 2016.

Leia o resto deste post

Frei Betto: Legados de Fidel

Ele não temia a crítica e não se furtava à autocrítica, foi um revolucionário vitorioso.

Un coche clásico pasa frente a un gran cartel con diferentes imágenes del líder de la revolución cubana Fidel Castro, en el día de su 91 cumpleaños.

Por Frei Betto

O líder máximo da Revolução Cubana, Fidel Castro, faria 91 anos em 13 de agosto de 2017. Faleceu em novembro do ano anterior. No aniversário de 90 anos estive em sua casa, em Havana. Participei, em seguida, da homenagem festiva que lhe foi prestada no Teatro Karl Marx. Embora com o organismo frágil, tinha a cabeça tão lúcida e ágil de quando o conheci, em 1980.

Leia o resto deste post

As contribuições extraordinárias do internacionalismo médico de Cuba

El presidente de Cuba, Fidel Castro, en un discurso en la graduación de miles de médicos.As contribuições extraordinárias do internacionalismo médico de Cuba devem sua origem ao legado do Comandante-em-chefe Fidel Castro Ruz, máximo impulsionador da solidariedade com os povos do mundo e edificador deste princípio como base fundamental da política externa da Revolução a partir de seu surgimento.

Mencionar as façanhas dos médicos cubanos no Haiti, Paquistão, África, América Latina e outros lugares açoitados pelas epidemias, furacões, sismos de grande magnitude e outras catástrofes naturais, faz com que se pense em um propósito marcado por beneficiar os mais pobres do mundo, mudar os baixos índices nas estatísticas da saúde e contribuir para a melhora dos serviços médicos precários.

Leia o resto deste post

Exemplo, intransigência revolucionária e fé permanente na vitória

Resultado de imagen para Fidel

Fidel está em qualquer lugar em que se trabalhe, Fidel espiritualmente está em qualquer lugar em que a Revolução avance. Fidel está em qualquer lugar em que uma intriga se destrua, em qualquer lugar em que um cubano se encontre trabalhando honradamente, em qualquer lugar em que um cubano, seja quem for, se encontre fazendo o bem, em qualquer lugar em que um cubano, seja quem for, esteja defendendo a Revolução, ali estará Fidel.

Cienfuegos, 5 de setembro de 1959

Raúl Castro Ruz

Leia o resto deste post

Nada podia impedir que fossem achados

«…não porque o queimem, / porque o dissimulem sob terra, / porque o escondam / em cemitérios, florestas, páramos, / vão impedir que o encontremos, / Che Comandante, / amigo. / Está em toda parte, / vivo, como não queriam»

Nicolás Guillén

Resultado de imagen para el che en la lucha

Leia o resto deste post

Cuba será a sede do próximo Encontro do Foro de São Paulo

Resultado de imagen para cuba foro de sao pauloMANÁGUA, Nicarágua.– Os mais de 300 delegados presentes no 23º Encontro do Foro de São Paulo receberam, em 18 de julho, com um aplauso, a designação de Cuba como sede da reunião do próximo ano dos partidos da esquerda e progressistas da região.

«É um presente de aniversário», disse ao Granma a secretária executiva do mecanismo de concertação, Mónica Valente, após salientar o papel do líder histórico da Revolução Cubana, Fidel Castro, na fundação do Foro em 1990, junto ao líder brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva. «Sempre que há reuniões ou encontros em Cuba saímos com muita mais força, alegria e determinação», acrescentou Valente. E se mostrou confiante de que o 23º Encontro em Havana servirá de reforço ideológico para os militantes.

Leia o resto deste post

Fidel, Chávez y el Che presentes en el Foro de Sao Paulo

Fidel Castro, Che Guevara, Hugo Chavez - FotologMANAGUA, Nicaragua.–Los asistentes al XXIII Encuentro del Foro de Sao Paulo, que reúne en Managua a los partidos de izquierda y progresistas de la región, rindieron homenaje este lunes al líder histórico de la Revolución Cubana, Fidel Castro, al Guerrillero Heroico, Ernesto Che Guevara, y al comandante venezolano Hugo Chávez.

Ante los más de 300 delegados de 33 países del orbe, se proyectó un material audiovisual con fragmentos de los discursos más conocidos de Fidel e imágenes de su relación con otros líderes de la región como Chávez, Daniel Ortega, Evo Morales y Luiz Inácio Lula da Silva.

Leia o resto deste post

Uma sabotagem silenciosa que Cuba não esquece

Em 1º de junho de 1964 o Comandante-em-Chefe Fidel Castro denunciou, pela primeira vez, o uso de armas biológicas contra Cuba por parte dos Estados Unidos. Duas pessoas que estiveram na primeira linha na luta contra a epidemia de dengue hemorrágica falam ao Granma Internacional

Leia o resto deste post

Lançamento de livro sobre pensamento político-econômico de Fidel Castro

HAVANA.– A editora cubana Ciencias Sociales lançou o livro Yo soy Fidel: Pensamiento económico y político, o qual trata sobre a vigência e atualidade do ideário do líder histórico da Revolução da Ilha, Fidel Castro.

O volume, que consta de 240 páginas, é uma recopilação de textos a cargo do Herói da República de Cuba Ramón Labañino e o vice-reitor da universidade italiana La Sapienza Luciano Vasapollo e foi lançado para comemorar o 50º aniversário da citada casa editora.

Leia o resto deste post

Presidente Rafael Correa prestará homenagem a Fidel Castro

Resultado de imagen para correa rinde homenaje a fidelSANTIAGO DE CUBA.– O presidente da República do Equador, Rafael Correa Delgado, chegou perto das 23 horas da quarta-feira, 3 de maio, à cidade de Santiago de Cuba, na zona sul e oriental de Cuba, e em suas primeiras palavras à imprensa anunciou que visitará os túmulos do grande José Martí e do grande Fidel, no cemitério patrimonial Santa Ifigenia.

«Cuba querida – disse o presidente sul-americano – como sempre é uma honra estar nesta terra irmã, terra heróica, terra de inspiração, para toda a pátria grande, estar na cidade de Santiago e poder também visitar amanhã (quinta-feira) os túmulos do grande José Martí e do grande Fidel.

«Muito obrigado por receber-nos novamente – acrescentou – muito obrigado por esse exemplo de dignidade, de luta permanente que nos inspira a todos os latino-americanos para continuar construindo essa pátria grande com o exemplo de gigantes como José Martí, como Alfaro, como Bolívar. Até a vitória sempre, queridos cubanos».

Leia o resto deste post

%d blogueiros gostam disto: