Arquivo da categoria: Cuba-EUA

Cuba nunca perpetrou nem vai perpetrar ataques de qualquer natureza contra funcionários diplomáticos ou seus familiares, sem exceção

Entrevista coletiva oferecida à imprensa nacional e estrangeira por Bruno Rodríguez Parrilla, ministro das Relações Exteriores da República de Cuba, na sede do Minrex, em 3 de outubro de 2017, «Ano 59º da Revolução».

Imagen relacionada

O Ministério enfatiza que a medida anunciada pelo governo dos Estados Unidos, no sentido de reduzir o pessoal diplomático cubano em Washington, sem existirem resultados de investigação conclusivos ou evidências dos incidentes que estão afetando seus funcionários em Cuba têm um caráter eminentemente político. Insta as autoridades competentes do governo dos Estados Unidos a não continuarem a politizar esta questão, o que pode levar a uma escalada indesejável, bem como a enturvar ainda mais e reverter as relações bilaterais, já afetadas pelo anúncio de uma nova política, em junho passado, pelo presidente Donald Trump.

Leia o resto deste post

Anúncios

Bruno Rodríguez e Rex Tillerson têm encontro

O chanceler cubano e o secretário do Estado dos Estados Unidos efetuaram uma reunião na qual abordaram os incidentes registrados por diplomatas dos EUA credenciados em Havana

Imagen relacionada

Terça-feira, 26 de setembro de 2017, por proposta da parte cubana, o ministro das Relações Exteriores, Bruno Rodríguez Parrilla, foi recebido pelo secretário do Estado, Rex Tillerson, na sede do Departamento de Estado.

Leia o resto deste post

Membros da brigada estadunidense expressam seu apoio à Revolução Cubana

Resultado de imagen para apoyo a cubaA vontade de conhecer a construção do socialismo e de apoiar a Revolução motivou a visita dos membros da 48ª Brigada Venceremos, procedentes dos Estados Unidos, à Ilha maior das Antilhas, de 23 de julho a 4 de agosto.

Em conversação com o semanário Granma Internacional, no Acampamento Internacional Julio Antonio Mella, localizado no município Caimito, Artemisa (lugar de hospedagem), os membros da brigada manifestaram que trocaram experiências com a população, familiarizaram-se com os projetos comunitários, percorreram lugares históricos e assistiram ao ato central pelo dia 26 de julho, na província de Pinar del Río.

Leia o resto deste post

Parlatino aprova resolução sobre bloqueio dos EUA contra Cuba

A resolução advoga a reiterar o rechaço a toda política contrária aos princípios do Direito Internacional, da Carta das Nações Unidas e do Parlamento Latino-americano e Caribenho

A Mesa Diretiva do Parlamento Latino-americano e Caribenho (Parlatino) aprovou recentemente uma resolução de rechaço ao anúncio do governo dos Estados Unidos, sobre o acirramento do bloqueio econômico, comercial e financeiro imposto contra Cuba.

O documento reitera que a mudança da política de Washington para Cuba significa um recuo em temas já avançados pela anterior administração e no caminho rumo à normalização das relações com a Ilha.

Leia o resto deste post

Cuba não fará concessões inerentes à sua soberania e independência, não vai negociar seus princípios nem aceitar condicionamentos

Resultado de imagen para cuba bloqueoEntrevista coletiva do ministro das Relações Exteriores de Cuba, Bruno Rodriguez Parrilla, de Viena, Áustria, em 19 de junho de 2017, «Ano 59º da Revolução»

A POLÍTICA DO PRESIDENTE TRUMP MARCA UM RETROCESSO NAS RELAÇÕES BILATERAIS. ISTO É RECONHECIDO POR MUITAS VOZES DENTRO E FORA DOS ESTADOS UNIDOS

Leia o resto deste post

Declaração do Governo Revolucionário Cubano

Qualquer estratégia que tenha como objetivo mudar o sistema político, econômico e social em Cuba, bem seja aquela que pretenda alcançar esse fim através de pressões e imposições, ou usando métodos mais sutis, será condenada ao fracasso

Resultado de imagen para cuba estados unidos

Em 16 de Junho de 2017, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em um discurso carregado de retórica hostil, que fez lembrar os dias de confronto aberto com o nosso país, proferido em um teatro em Miami, anunciou a política de seu governo em relação a Cuba, que reverte os progressos realizados nos últimos dois anos, após o 17 de dezembro de 2014, quando os presidentes Raúl Castro Ruz e Barack Obama deram a conhecer a decisão de restabelecer as relações diplomáticas e iniciar um processo para a normalização das relações bilaterais.

Leia o resto deste post

Cuba denuncia em OMC vigência do bloqueio económico dos EUA

Resultado de imagen para bloqueo a cubaGenebra, Cuba denunciou hoje na Organização Mundial do Comércio (OMC) que o bloqueio dos Estados Unidos permanece-se aplicando de forma quase invariável, o qual segue sendo o principal obstáculo ao desenvolvimento da nação caribenha.
Assim o afirmou a encarregada de negócios de Cuba ante a ONU em Genebra e os organismos internacionais com sede em Suíça, Alina Revilla, ao participar no 13 exame de política comercial dos Estados Unidos na OMC.

Dois anos após que Havana e Washington ‘decidissem restabelecer as suas relações diplomáticas e iniciar um processo de normalização de seus vínculos comerciais e financeiros, não se manifestam mudanças substanciais na aplicação da política de bloqueio para o país’, disse a representante cubana.
Leia o resto deste post

Sem voto contrário, ONU volta a pedir fim do bloqueio dos EUA a Cuba

Votação histórica: EUA e Israel se abstiveram, ninguém votou contra

O texto promovido pelo governo cubano recebeu 191 votos a favor e 2 abstenções, de EUA e Israel, países que tinham se pronunciado contra durante 24 anos seguidos.

A mudança de postura americana responde, segundo o governo americano, ao desejo do presidente Barack Obama de suspender o bloqueio, o que só será possível com o respaldo do Congresso do país, onde a maioria republicana pretende mantê-lo.

“A resolução é um exemplo perfeito de por que a política americana de isolar Cuba não estava funcionando”, defendeu ao anunciar a abstenção a embaixadora dos EUA na ONU, Samantha Power.
Leia o resto deste post

Pela 1ª vez EUA se abstém de votar pelo embargo de Cuba

Os Estados Unidos anunciaram nesta quarta-feira (26/10), que vão se abster pela primeira vez em 25 anos na votação de uma resolução da ONU que condena o embargo econômico a Cuba. Historicamente, a diplomacia americana se opõe à condenação, votada anualmente pelas Nações Unidas.

O anúncio foi feito pela embaixadora americana na ONU, Samantha Power, e bastante aplaudido pelos 193 membros da Assembleia-Geral. Apesar da abstenção, a diplomata lembrou que os EUA se opõem à visão de que o embargo viola a legislação internacional e ainda mantêm discordâncias com as práticas do governo cubano.

Leia o resto deste post

Cuba denuncia extraterritorialidade de política migratória dos EUA

Resultado de imagen para politica migratoria de EU a cubaHavana, A diretora geral dos Estados Unidos do Ministério de Relações Exteriores de Cuba, Josefina Vidal, denunciou hoje o impacto extraterritorial da política migratória da nação norte para a ilha do Caribe.

Vidal compartilhou no Twitter um texto divulgado pelo site Cubadebate que faz referência à petição a Washington por parte de nove países latino-americanos de revisar a política migratória para a maior das Antilhas.

Os nove governos consideraram que essas disposições constituem ‘um estímulo ao fluxo desordenado, irregular e inseguro de cidadãos cubanos’ para os Estados Unidos.
Leia o resto deste post

%d blogueiros gostam disto: