Arquivo da categoria: Brasil

Anticorpo monoclonal cubano contra Covid-19 nos EUA, México e Brasil

O medicamento Itolizumab, anticorpo monoclonal desenvolvido pelo Centro de Imunologia Molecular (CIM), de Cuba, em colaboração com a empresa India Biocon, recebeu autorização para iniciar a fase III do teste clínico em pacientes com a Covid-19 nos Estados Unidos, México e o Brasil, refere aquela instituição científica cubana em sua conta da rede social Twitter

O medicamento Itolizumab, anticorpo monoclonal desenvolvido pelo Centro de Imunologia Molecular (CIM), de Cuba, em colaboração com a empresa India Biocon, recebeu autorização para iniciar a fase III do teste clínico em pacientes com a Covid-19 nos Estados Unidos, México e o Brasil, refere aquela instituição científica cubana em sua conta da rede social Twitter.

Leia o resto deste post

Escritores brasileiros distinguem Barnet e repudiam o bloqueio contra Cuba

A União Brasileira de Escritores (UBE) distinguiu em Havana o poeta e etnólogo Miguel Barnet com a Medalha Jorge Amado, o reconhecimento mais importante dessa organização

A União Brasileira de Escritores (UBE) distinguiu em Havana o poeta e etnólogo Miguel Barnet com a Medalha Jorge Amado, o reconhecimento mais importante da organização, em atenção à hierarquia de sua obra literária e como representante da cultura de um país submetido por seis décadas a um implacável bloqueio pelos governos dos Estados Unidos.

Para tornar efetiva a decisão do conselho de administração da UBE, seu presidente, Durval de Nogueiras Goyos Jr., portador de uma mensagem de solidariedade dos escritores de seu país, viajou à Ilha enfatizando que os escritores desse país rejeitam o alinhamento coincidente dos atuais líderes do Brasil e dos EUA em sua política anticubana. Leia o resto deste post

Representante de Cuba no Brasil diz que relação sob Bolsonaro teve ‘retrocesso’

Imagen relacionada

Em entrevista no estúdio do Poder360, o representante de negócios de Cuba no Brasil, embaixador Rolando González, afirmou que a relação entre aquele país e os governos brasileiro e norte-americano “se caracteriza atualmente por um retrocesso”.

González fez críticas ao bloqueio imposto pelos Estados Unidos, ao qual chamou de “genocida”. Disse que Trump impedir viagens à Ilha é “antidemocrático” e que o bom relacionamento com o Brasil existia há 27 anos, antes o PT chegar ao Poder Executivo.

As críticas a Cuba, disse ele, são feitas muitas vezes por países com histórico de ditadura, racismo, xenofobia e outras intolerâncias e repressões, como as nações da América Latina. Ele não mencionou o nome desses países.

Leia o resto deste post

O que o presidente de Cuba respondeu às mentiras de Donald Trump e as do mini-Trump Bolsonaro?

Como «dois mentirosos patológicos e cada vez mais isolados», o presidente cubano Miguel Díaz-Canel Bermúdez qualificou o presidente dos EUA, Donald Trump, e o brasileiro, o «mini-Trump» Bolsonaro, depois de ouvir seus discursos na terça-feira, 24 de setembro, durante a 74ª sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas.

Com o rótulo #SomosCuba, usado como um apelo e símbolo da unidade nacional em torno do projeto revolucionário, o presidente emitiu uma série de mensagens nas quais chamou Trump de «O imperador dos EUA» e catalogou as referências em seu discurso a Cuba e Venezuela como «mentirosas, acusações difamatórias e inadmissíveis».

Leia o resto deste post

Grupo Parlamentar Brasil-Cuba é reinstalado no Congresso Nacional

Grupo parlamentar Brasil-Cuba pede que Brasil vote contra o bloqueio a Cuba na ONU

Resultado de imagen para bloqueo cuba onu brasil

Brasil de Fato. O Grupo Parlamentar Misto de Amizade com Cuba, composto por congressistas brasileiros de diversos partidos, lançou nota rechaçando a continuidade do bloqueio estadunidense contra Cuba e em especial a ativação do título III da Lei Helms-Burton.

O documento pede ainda que o Brasil siga a tradição dos últimos trinta anos e vote novamente contra o bloqueio na Assembleia Geral da ONU, que começa no próximo dia 24.

“O bloqueio é um ato de agressão e de guerra econômica. Trata-se do sistema de sanções unilateral mais injusto, severo e prolongado que já se aplicou a qualquer país do mundo. Está desenhado para gerar fome e miséria ao povo cubano”, diz o texto, assinado pelas deputadas baianas Lídice da Mata (PSB-BA) e Alice Portugal (PCdoB), presidenta e vice do grupo..

Leia o resto deste post

O líder cubano Fidel Castro alertou sobre o caos ambiental atual que ameaça na Amazônia

Resultado de imagen para fidel discursandoDurante um breve discurso na Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento de 1992, o então líder cubano Fidel Castro alertou sobre o caos ambiental atual que ameaça o “pulmão do mundo”.

 

“As florestas estão desaparecendo, os desertos estão se espalhando, bilhões de toneladas de terra fértil acabam no mar todos os anos. Várias espécies estão se extinguindo. A pressão demográfica e a pobreza levam a esforços desesperados para sobreviver, mesmo à custa da natureza. Não é possível culpar os países do terceiro mundo, as colônias de ontem, as nações exploradas e saqueadas de hoje, por uma ordem econômica mundial injusta”, disse o falecido presidente cubano.

Leia o resto deste post

Cohiba é tabaco natural, não se enganem…

Resultado de imagen para cohiba cubanoO presidente do Grupo Tabacuba informou que o erro pôde ser reconhecido e que o processo cubano do charuto, desde o canteiro, a plantação e até o lançamento do charuto para exportação, é 100% natural.

O presidente do Grupo de Empresas de Fumo de Cuba (Tabacuba), Justo Luis Fuentes Diaz, disse em uma entrevista coletiva que foi levantada a proibição da venda do charuto cubano Cohiba no Brasil.

Leia o resto deste post

Anticomunismo tosco de Bolsonaro proíbe a venda no Brasil do melhor charuto do mundo

Imagen relacionadaBrasil247. A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) indeferiu no dia 23 de maio o pedido de renovação de registro da Cohiba, marca de charutos cubanos mais famosa do mundo. Decisão política da Agência determinou que o produto seja recolhido das lojas em 30 dias.

Uma decisão totalmente política e ideológica da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), claramente influenciada pelo anticomunismo do governo Jair Bolsonaro, proibiu a venda de charutos cubanos no Brasil da marca mais famosa do mundo.

Leia o resto deste post

Bolsonaro, Mais Médicos e um déjà vu

O presidente cubano Díaz-Canel relembrou no Twitter os 20 anos da Escola Latino-americana de Medicina elam; uma obra de amor que formou milhares de médicos; entre eles, brasileiros, a quem a Associação Médica os impede de passar no exame de revalidação do título e no acesso aos empregos.

Ano de 2013. No Brasil, a presidenta Dilma Rousseff promoveu programas como o Mais Médicos, que previa a presença de médicos brasileiros e estrangeiros para atuar em áreas pobres e isoladas daquele país, iniciativa que incluiu milhares de profissionais de saúde cubanos. Na Venezuela, o então candidato anti-Chávez, Henrique Capriles, fazia flutuar seu discurso entre as ameaças a Havana, «pois não financiaria um modelo político», nem «doaria petróleo», e a oferta «desinteressada» de nacionalizar os milhares de médicos que estavam em solo bolivariano. Eu os convidaria, declarou Capriles, «para serem cidadãos de um país onde há democracia».

Leia o resto deste post

%d blogueiros gostam disto: