Arquivo da categoria: Brasil

Escritores brasileiros distinguem Barnet e repudiam o bloqueio contra Cuba

A União Brasileira de Escritores (UBE) distinguiu em Havana o poeta e etnólogo Miguel Barnet com a Medalha Jorge Amado, o reconhecimento mais importante dessa organização

A União Brasileira de Escritores (UBE) distinguiu em Havana o poeta e etnólogo Miguel Barnet com a Medalha Jorge Amado, o reconhecimento mais importante da organização, em atenção à hierarquia de sua obra literária e como representante da cultura de um país submetido por seis décadas a um implacável bloqueio pelos governos dos Estados Unidos.

Para tornar efetiva a decisão do conselho de administração da UBE, seu presidente, Durval de Nogueiras Goyos Jr., portador de uma mensagem de solidariedade dos escritores de seu país, viajou à Ilha enfatizando que os escritores desse país rejeitam o alinhamento coincidente dos atuais líderes do Brasil e dos EUA em sua política anticubana. Leia o resto deste post

Representante de Cuba no Brasil diz que relação sob Bolsonaro teve ‘retrocesso’

Imagen relacionada

Em entrevista no estúdio do Poder360, o representante de negócios de Cuba no Brasil, embaixador Rolando González, afirmou que a relação entre aquele país e os governos brasileiro e norte-americano “se caracteriza atualmente por um retrocesso”.

González fez críticas ao bloqueio imposto pelos Estados Unidos, ao qual chamou de “genocida”. Disse que Trump impedir viagens à Ilha é “antidemocrático” e que o bom relacionamento com o Brasil existia há 27 anos, antes o PT chegar ao Poder Executivo.

As críticas a Cuba, disse ele, são feitas muitas vezes por países com histórico de ditadura, racismo, xenofobia e outras intolerâncias e repressões, como as nações da América Latina. Ele não mencionou o nome desses países.

Leia o resto deste post

O que o presidente de Cuba respondeu às mentiras de Donald Trump e as do mini-Trump Bolsonaro?

Como «dois mentirosos patológicos e cada vez mais isolados», o presidente cubano Miguel Díaz-Canel Bermúdez qualificou o presidente dos EUA, Donald Trump, e o brasileiro, o «mini-Trump» Bolsonaro, depois de ouvir seus discursos na terça-feira, 24 de setembro, durante a 74ª sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas.

Com o rótulo #SomosCuba, usado como um apelo e símbolo da unidade nacional em torno do projeto revolucionário, o presidente emitiu uma série de mensagens nas quais chamou Trump de «O imperador dos EUA» e catalogou as referências em seu discurso a Cuba e Venezuela como «mentirosas, acusações difamatórias e inadmissíveis».

Leia o resto deste post

Grupo Parlamentar Brasil-Cuba é reinstalado no Congresso Nacional

Grupo parlamentar Brasil-Cuba pede que Brasil vote contra o bloqueio a Cuba na ONU

Resultado de imagen para bloqueo cuba onu brasil

Brasil de Fato. O Grupo Parlamentar Misto de Amizade com Cuba, composto por congressistas brasileiros de diversos partidos, lançou nota rechaçando a continuidade do bloqueio estadunidense contra Cuba e em especial a ativação do título III da Lei Helms-Burton.

O documento pede ainda que o Brasil siga a tradição dos últimos trinta anos e vote novamente contra o bloqueio na Assembleia Geral da ONU, que começa no próximo dia 24.

“O bloqueio é um ato de agressão e de guerra econômica. Trata-se do sistema de sanções unilateral mais injusto, severo e prolongado que já se aplicou a qualquer país do mundo. Está desenhado para gerar fome e miséria ao povo cubano”, diz o texto, assinado pelas deputadas baianas Lídice da Mata (PSB-BA) e Alice Portugal (PCdoB), presidenta e vice do grupo..

Leia o resto deste post

O líder cubano Fidel Castro alertou sobre o caos ambiental atual que ameaça na Amazônia

Resultado de imagen para fidel discursandoDurante um breve discurso na Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento de 1992, o então líder cubano Fidel Castro alertou sobre o caos ambiental atual que ameaça o “pulmão do mundo”.

 

“As florestas estão desaparecendo, os desertos estão se espalhando, bilhões de toneladas de terra fértil acabam no mar todos os anos. Várias espécies estão se extinguindo. A pressão demográfica e a pobreza levam a esforços desesperados para sobreviver, mesmo à custa da natureza. Não é possível culpar os países do terceiro mundo, as colônias de ontem, as nações exploradas e saqueadas de hoje, por uma ordem econômica mundial injusta”, disse o falecido presidente cubano.

Leia o resto deste post

Cohiba é tabaco natural, não se enganem…

Resultado de imagen para cohiba cubanoO presidente do Grupo Tabacuba informou que o erro pôde ser reconhecido e que o processo cubano do charuto, desde o canteiro, a plantação e até o lançamento do charuto para exportação, é 100% natural.

O presidente do Grupo de Empresas de Fumo de Cuba (Tabacuba), Justo Luis Fuentes Diaz, disse em uma entrevista coletiva que foi levantada a proibição da venda do charuto cubano Cohiba no Brasil.

Leia o resto deste post

Anticomunismo tosco de Bolsonaro proíbe a venda no Brasil do melhor charuto do mundo

Imagen relacionadaBrasil247. A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) indeferiu no dia 23 de maio o pedido de renovação de registro da Cohiba, marca de charutos cubanos mais famosa do mundo. Decisão política da Agência determinou que o produto seja recolhido das lojas em 30 dias.

Uma decisão totalmente política e ideológica da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), claramente influenciada pelo anticomunismo do governo Jair Bolsonaro, proibiu a venda de charutos cubanos no Brasil da marca mais famosa do mundo.

Leia o resto deste post

Bolsonaro, Mais Médicos e um déjà vu

O presidente cubano Díaz-Canel relembrou no Twitter os 20 anos da Escola Latino-americana de Medicina elam; uma obra de amor que formou milhares de médicos; entre eles, brasileiros, a quem a Associação Médica os impede de passar no exame de revalidação do título e no acesso aos empregos.

Ano de 2013. No Brasil, a presidenta Dilma Rousseff promoveu programas como o Mais Médicos, que previa a presença de médicos brasileiros e estrangeiros para atuar em áreas pobres e isoladas daquele país, iniciativa que incluiu milhares de profissionais de saúde cubanos. Na Venezuela, o então candidato anti-Chávez, Henrique Capriles, fazia flutuar seu discurso entre as ameaças a Havana, «pois não financiaria um modelo político», nem «doaria petróleo», e a oferta «desinteressada» de nacionalizar os milhares de médicos que estavam em solo bolivariano. Eu os convidaria, declarou Capriles, «para serem cidadãos de um país onde há democracia».

Leia o resto deste post

Nos próximos dias começa o retorno à Pátria dos médicos cubanos no Brasil

O retorno dos profissionais de saúde cubanos que estão no Brasil começará no final desta semana e deverá terminar em meados de dezembro, além de garantir a transferência de todos os seus pertences, informaram nesta capital autoridades dos ministérios da Saúde Pública (Minsap) e dos Transportes (Mitrans).

O doutor Jorge Delgado Bustillo, diretor da Unidade Central de Cooperação Médica (UCCM), disse que, juntamente com um grupo de agências da Administração Central do Estado durante dias está se trabalhando, com vista ao retorno ordeiro e sem contratempos daqueles que honrosamente cumpriram seu dever internacionalista, como parte do Programa Mais Médicos para o Brasil, agora obstruído pelo presidente eleito naquele país.

Leia o resto deste post

%d blogueiros gostam disto: