Arquivo da categoria: América Latina

Em direcção a uma «Primavera Latina» ?

Resultado de imagen para imperialismo estados unidos sobre america latinaThierry Meyssan

A inquietação cresce na América Latina : os Estados Unidos e o Reino Unido preparam aí uma «Primavera», decalcada no modelo das «Primaveras Árabes». É claro, não se tratará desta vez de espalhar a guerra dividindo para isso as populações na base de uma linha religiosa —os Latinos são quase todos cristãos—, mas, antes de utilizar elementos de identidades locais distintivas. O objectivo seria no entanto o mesmo : não o de substituir uns governos por outros, mas, sim destruir os Estados para erradicar a mínima possibilidade de resistência ao imperialismo.

Leia o resto deste post

Elogiam desenvolvimento sustentável de Cuba e apoio a nações caribenhas

A capacidade e fortaleza alcançadas por Cuba para promover o desenvolvimento sustentável foram elogiadas, recentemente, pela Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal), referiu uma fonte diplomática.

A diretora desse organismo regional, Diane Quarless, opinou que Havana está na vanguarda do pensamento econômico e na prática do desenvolvimento na América Latina e o Caribe.

Leia o resto deste post

Apoiam devolução a Cuba do território ocupado pela base de Guantánamo

O apoio ao povo cubano em seu reclamo ao governo dos Estados Unidos de que seja devolvido o território ocupado ilegalmente pela base naval de Guantánamo, foi reafirmado nesta província pela presidenta do Conselho Mundial pela Paz, Maria do Socorro Gomes.

Em suas palavras durante o 5º Seminário Internacional pela Paz e contra as Bases Militares Estrangeiras, do Socorro Gomes também fez um apelo a respaldar a nação caribenha em sua luta pela eliminação do bloqueio econômico, comercial e financeiro, imposto há mais de 50 anos pelos Estados Unidos a Cuba.

Leia o resto deste post

Revolução Cidadã triunfa no Equador

QUITO.– O povo equatoriano decidiu continuar aprofundando a Revolução Cidadã iniciada há mais de uma década pelo presidente Rafael Correa, ao escolher nas urnas, no domingo, 2 de abril, o candidato da Aliança País, Lenín Moreno, frente ao banqueiro direitista da aliança CREO, Guillermo Lasso.

Com 94,18% das atas escrutadas no segundo turno das eleições presidenciais, Moreno obtém 51,07 % dos sufrágios frente a 48,93 % alcançado pelo candidato da coalizão direitista Criando Oportunidades (CREO).

O representante da Aliança País foi vice-presidente da república no primeiro governo de Correa e entre 2014 e 2016 se desempenhou como enviado especial do secretário da ONU sobre Deficiência Física e Acessibilidade.

Leia o resto deste post

Esquerda latino-americana procura fortalecer consenso na Nicarágua

Imagen relacionada Representantes de vários partidos e grupos da esquerda latino-americanos debatem na Nicarágua uma proposta oficial para fortalecer a unidade dos movimentos progressistas da região.

Segundo fontes próximas ao evento, os participantes revisarão até o dia 9 de janeiro, sua contribuição ao documento de Nossa América, que esperam apresentá-lo ao grupo de trabalho do Foro de São Paulo como uma plataforma programática para neutralizar os planos das oligarquias neoliberais na região.

Depois de um ano, no qual América Latina percebeu o ressurgimento do conservadorismo na Argentina, o Golpe de Estado parlamentar acontecido no Brasil e o acosso das mídias contra Venezuela, para os movimentos sociais resulta essencial ficar unidos em um cenário tão complexo, sublinham os promotores do texto.

Leia o resto deste post

Fidel e Chávez traçaram os objetivos, as ideias e com seu exemplo imortal indicaram o caminho

Discurso proferido pelo primeiro secretário do Comitê Central do Partido Comunista de Cuba e presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros, general-de-exército Raúl Castro Ruz, na cerimônia pelo 12º aniversário da Aliança Bolivariana para os Povos da Nossa América – Tratado de Comércio dos Povos (ALBA-TCP), e o 22ª aniversário do primeiro encontro de Fidel Castro com Hugo Chávez. Palácio das Convenções, em 14 de dezembro de 2016, “Ano 58º da Revolução”.

(Tradução da versão estenografia – Conselho de Estado)

Querido companheiro Nicolás Maduro, presidente da República Bolivariana da Venezuela;

Companheiros e companheiras venezuelanos e venezuelanas;

Representantes dos países irmãos da ALBA-TCP e outros Estados da América Latina e do Caribe;

Compatriotas:

Eu vou ser muito breve, como normalmente é a maioria dos meus discursos, também neste caso, para não forçar a voz, que tal como eu aprecio a tenho um pouco afetada e, ainda, há muita coisa para falar (Aplausos). Eu dizia que ainda há muito para falar e lutar neste país (Aplausos), por isso a minha rouquidão pode ser permanente. Leia o resto deste post

O destino incerto da espécie humana

Uma enorme ignorância envolve não só esta, mas também suas infinitas formas de experiências. Inclusive as impressões digitais dos gêmeos univitelinos, nascidos de um mesmo óvulo, se diferenciam ao longo dos anos

NÃO é debalde que os Estados Unidos, o país imperialista mais poderoso que já existiu, se autoenganam ao assumir como doutrina um parágrafo da Declaração Universal dos Direitos Humanos onde se afirma: “Todos os homens nascem livres e iguais em dignidade e direitos, e, dotados como estão pela natureza de razão e consciência, devem comportar-se fraternalmente uns com os outros”.

Nada disso pode ser ignorado. Há muito mais qualidades nos princípios religiosos do que os que são unicamente políticos, apesar de que estes se referem aos ideais materiais e físicos da vida. Também muitas das obras artísticas mais inspiradas nasceram de mãos de pessoas religiosas, um fenômeno de caráter universal.

Leia o resto deste post

Leal, entre Havana e Cartagena

CARTAGENA DE ÍNDIAS, Colômbia.— Caminhar por Cartagena de Índias com o doutor Eusebio Leal Spengler é tudo um privilégio. Em um diálogo com a imprensa cubana, poucas horas depois de chegar a esta irmã terra caribenha, ele evocou uma visita anterior na qual acompanhou o comandante-em-chefe Fidel Castro Ruz e compartilhou algumas de suas emoções por se encontrar, mais uma vez, em solo colombiano.

Relembrou que ainda estavam voando sobre o céu Cartagena e Fidel lhe perguntou “o que posso fazer, que podemos fazer pela Havana Velha”. E poderia dizer-se que dessa forma, com essa interrogante salvadora, “determinou-se, um pouco, o destino daquilo que é hoje nosso centro histórico”.

Leia o resto deste post

A paz da Colômbia é uma festa

A marcha começa cedo pela carreira sétima, que curta a cidade de norte a sul e antes de desembocar na Praça de Bolívar se converte em passagem de pedestres, no coração de Bogotá.

Não é uma manhã qualquer. Os jornais pendurados nas esquinas têm a mesma notícia na primeira página. El Tiempo colocou em letras capitais “A Paz”, sem fotos nem nada que distraísse a atenção do acontecimento mais importante para a Colômbia, no último meio século.

No domingo a sétima era um carnaval medieval, com vendedores ambulantes e imitadores de Michael Jackson e Carlos Vives, mas só um dia depois parece um campo de batalha. Os cartazes a favor do Simpara o plebiscito do próximo 2 de outubro levam certa vantagem nos postes e muros dos negócios, mas os volantes do Nãotambém passam de mão em mão. Leia o resto deste post

América Latina e o Caribe continua comprometida com a paz

COM o objetivo de continuar comprometida com a Proclamação da América Latina e o Caribe como Zona de Paz, começou em 21 de setembro, em Havana, o Primeiro Seminário Internacional dedicado a avaliar as realidades e desafios do referido documento, assinado aqui durante a 2ª Cúpula da Celac, em 2014.

Leia o resto deste post

%d blogueiros gostam disto: