Arquivo da categoria: América Latina

A saúde que deveria ser para todos

A vida de uma criança, de um homem ou de uma mulher foi sempre o primeiro para o governo socialista cubano, que estendeu esse humanismo além de suas fronteiras, e defendeu em diferentes recantos do mundo esse sagrado direito de existir

Imagen relacionada

Não são mil, nem sequer um milhão. Metade dos seres humanos que habita o planeta não tem acesso a serviços sanitários básicos, enquanto outros tantos passam a fazer parte das fileiras da pobreza quando têm que pagar por este tipo de atenção.

Leia o resto deste post

Anúncios

Defender a Pátria americana

Hoje, começa o 16º Conselho Político da ALBA-TCP. Também abrirá a sessão da Comissão Intergovernamental entre Cuba e a Venezuela

A integração latino-americana e caribenha é hoje mais necessária do que nunca, uma ideia que fará parte das diretrizes do 16º Conselho Político da ALBA-TCP, que começará hoje, 14 de dezembro em Havana.

Leia o resto deste post

Dois grandes fatos sobre Fidel Castro que você precisa levar em conta

Morre o homem, a lenda ganha as alturas: Fidel Castro desaparece como viveu, despertando paixões, polêmicas e loas. Hoje, dia do anúncio da sua morte, o mais frequente nos meios da esquerda brasileira são os elogios ao mito, à lenda, ao revolucionário que, no dizer de F. Morais, “chacoalhou o mundo” a partir de uma pequena ilha no Caribe.

Na outra ala do espectro, de Bolsonaro a D. Trump, a avaliação é diferente: o “ditador brutal” já vai tarde. O que não se vê, em absoluto, é indiferença. Não é possível ser indiferente com Fidel Castro, com as conquistas da revolução cubana.
De tudo que possa ser dito sobre Fidel e a revolução cubana, ao menos alguns elementos serão destaque nesta nota. Vejamos.

1- Fidel Castro foi um ícone, uma lenda e um mito para a esquerda latino-americana. E um marco indelével, uma janela de esperança social na sofrida história dos povos da América Latina.

Leia o resto deste post

As contribuições extraordinárias do internacionalismo médico de Cuba

El presidente de Cuba, Fidel Castro, en un discurso en la graduación de miles de médicos.As contribuições extraordinárias do internacionalismo médico de Cuba devem sua origem ao legado do Comandante-em-chefe Fidel Castro Ruz, máximo impulsionador da solidariedade com os povos do mundo e edificador deste princípio como base fundamental da política externa da Revolução a partir de seu surgimento.

Mencionar as façanhas dos médicos cubanos no Haiti, Paquistão, África, América Latina e outros lugares açoitados pelas epidemias, furacões, sismos de grande magnitude e outras catástrofes naturais, faz com que se pense em um propósito marcado por beneficiar os mais pobres do mundo, mudar os baixos índices nas estatísticas da saúde e contribuir para a melhora dos serviços médicos precários.

Leia o resto deste post

Declaração do Ministério das Relações Exteriores do Cuba sobre a Venezuela

Imagen relacionadaNO domingo 30 de julho de 2017, durante as eleições para a Assembleia Nacional Constituinte na República Bolivariana da Venezuela, o povo venezuelano demonstrou ao mundo que é dono pleno dos seus direitos soberanos e que milita decisivamente do lado da paz, em defesa da segurança cidadã, da independência e a livre determinação de sua Pátria, como fez ao longo de toda a história da América Latina e o Caribe, desde Bolívar.

Venezuela foi às urnas como nunca antes havia ocorrido em um processo constituinte. Esse povo, que desafiou os bloqueios, os protestos de rua, as sabotagens econômicas e as ameaças internacionais, derrotou com seus votos a estratégia do imperialismo e as oligarquias e de uma oposição que não vacilou na hora de desatar as expressões mais brutais de crueldade. Ofende o cinismo de todos os que pretendem culpar o governo e os defensores do povo dos crimes cometidos.

Leia o resto deste post

Parlatino aprova resolução sobre bloqueio dos EUA contra Cuba

A resolução advoga a reiterar o rechaço a toda política contrária aos princípios do Direito Internacional, da Carta das Nações Unidas e do Parlamento Latino-americano e Caribenho

A Mesa Diretiva do Parlamento Latino-americano e Caribenho (Parlatino) aprovou recentemente uma resolução de rechaço ao anúncio do governo dos Estados Unidos, sobre o acirramento do bloqueio econômico, comercial e financeiro imposto contra Cuba.

O documento reitera que a mudança da política de Washington para Cuba significa um recuo em temas já avançados pela anterior administração e no caminho rumo à normalização das relações com a Ilha.

Leia o resto deste post

Em direcção a uma «Primavera Latina» ?

Resultado de imagen para imperialismo estados unidos sobre america latinaThierry Meyssan

A inquietação cresce na América Latina : os Estados Unidos e o Reino Unido preparam aí uma «Primavera», decalcada no modelo das «Primaveras Árabes». É claro, não se tratará desta vez de espalhar a guerra dividindo para isso as populações na base de uma linha religiosa —os Latinos são quase todos cristãos—, mas, antes de utilizar elementos de identidades locais distintivas. O objectivo seria no entanto o mesmo : não o de substituir uns governos por outros, mas, sim destruir os Estados para erradicar a mínima possibilidade de resistência ao imperialismo.

Leia o resto deste post

Elogiam desenvolvimento sustentável de Cuba e apoio a nações caribenhas

A capacidade e fortaleza alcançadas por Cuba para promover o desenvolvimento sustentável foram elogiadas, recentemente, pela Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal), referiu uma fonte diplomática.

A diretora desse organismo regional, Diane Quarless, opinou que Havana está na vanguarda do pensamento econômico e na prática do desenvolvimento na América Latina e o Caribe.

Leia o resto deste post

Apoiam devolução a Cuba do território ocupado pela base de Guantánamo

O apoio ao povo cubano em seu reclamo ao governo dos Estados Unidos de que seja devolvido o território ocupado ilegalmente pela base naval de Guantánamo, foi reafirmado nesta província pela presidenta do Conselho Mundial pela Paz, Maria do Socorro Gomes.

Em suas palavras durante o 5º Seminário Internacional pela Paz e contra as Bases Militares Estrangeiras, do Socorro Gomes também fez um apelo a respaldar a nação caribenha em sua luta pela eliminação do bloqueio econômico, comercial e financeiro, imposto há mais de 50 anos pelos Estados Unidos a Cuba.

Leia o resto deste post

Revolução Cidadã triunfa no Equador

QUITO.– O povo equatoriano decidiu continuar aprofundando a Revolução Cidadã iniciada há mais de uma década pelo presidente Rafael Correa, ao escolher nas urnas, no domingo, 2 de abril, o candidato da Aliança País, Lenín Moreno, frente ao banqueiro direitista da aliança CREO, Guillermo Lasso.

Com 94,18% das atas escrutadas no segundo turno das eleições presidenciais, Moreno obtém 51,07 % dos sufrágios frente a 48,93 % alcançado pelo candidato da coalizão direitista Criando Oportunidades (CREO).

O representante da Aliança País foi vice-presidente da república no primeiro governo de Correa e entre 2014 e 2016 se desempenhou como enviado especial do secretário da ONU sobre Deficiência Física e Acessibilidade.

Leia o resto deste post

%d blogueiros gostam disto: