Denunciam provocação para sabotar Mundial de Futebol na Rússia

Moscou, A provocação do Ocidente, a partir de um suposto envenenamento de um ex-oficial russo e a acusação contra Moscou por esse fato, busca sabotar a celebração do Mundial de Futebol neste país, denunciou hoje a Chancelaria.

Resultado de imagen para mundial de futbol 2018

O governo britânico lançou uma acusação contra a Rússia por seu suposto envolvimento no caso de Serguei Skripal, que é uma provocação e uma tentativa de iniciar uma campanha midiática para descredenciar este país como sede do referido evento, afirma.

Os meios de imprensa do Reino Unido, que nunca conseguiram perdoar a Rússia que, em uma luta limpa por obter a sede do Mundial de Futebol, superou Londres nesse empenho, são os mais ativos nos chamados a um boicote do torneio planetário, destaca. Tais provocações só dificultam as relações entre Moscou e Londres e, ao mesmo tempo, constituem um duro golpe ao movimento esportivo internacional, assinala o comunicado.

Ontem, o vice-chefe do comitê de Relações Internacionais do Senado russo, Vladimir Dzhabarov, considerou que a inteligência britânica pode ter atentado contra Skripal como um ato de provocação, para depois culpar a Rússia pelo fato.

O general do Serviço Federal de Segurança (FSB) indicou que o suposto envenenamento do ex-membro da Direção Geral de Inteligência (GRU, por suas siglas em russo) também pode ser obra de um terceiro país, com o mesmo fim.

Toda essa acusação contra a Rússia é uma tolice, declarou Dzhabarov, ao comentar as declarações da primeira-ministra britânica Theresa May.

Como é possível que a Rússia entregasse Skripal ao Reino Unido, quando deixou de ser interesse para sua inteligência, e depois atentasse contra ele, perguntou o senador em alusão ao perdão dado em seu momento pelo presidente Vladimir Putin ao ex-oficial da GRU.

Desde o surgimento do incidente, o culpado só pode ter um nome, isto é, Rússia, comentou o general do FSB, que afirmou que se trata de uma provocação realizada pouco antes das eleições presidenciais do próximo dia 18.

A ação, dirigida contra Skripal e sua filha Yulia, busca criar condições para o surgimento da inconformidade da população russa em relação às ações do Governo, mas esses objetivos carecem de êxito e perspectivas, comentou o legislador.

Prensa Latina

Anúncios

Publicado em 14/03/2018, em Mundial de Futebol 2018, Rusia. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: