Movimentos sociais expressarão seu apoio a Lula no Brasil

Imagen relacionadaBrasília, Os movimentos sociais realizarão no dia 24 manifestações em São Paulo e em várias regiões do país em apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, confirmou hoje a Frente Brasil Popular.
Segundo o site http://www.brasil247.com, essa organização contará com o apoio da Frente Povo sem Medo, integrada por várias dezenas de instituições sociais, sindicais e populares, e espera-se a participação em São Paulo de cerca de 150 caravanas provenientes do Rio Grande do Sul, e outras 75 de diversos estados do país.

Nesse dia 24, Lula será submetido a julgamento no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), em Porto Alegre, depois de ser condenado a nove anos e meio de prisão, pela suposta posse ilegal de um apartamento tríplex no Guarujá, cidade costeira situada perto de São Paulo e conhecida por seu grande número de praias.As mobilizações em solidariedade e apoio do ex-mandatário intensificaram-se desde o último sábado, quando se realizou no Dia Nacional de Mobilização, com debates, atividades culturais e manifestações de rua por todo Brasil.

Além das caravanas, nos dias que antecedem o julgamento no TRF4 também estão marcados pela abertura diária de comitês populares em Defesa da Democracia e do Direito de Lula a ser candidato à Presidência da República.

Criados como uma articulação entre os movimentos sociais, populares, sindicais, artistas, sociedade civil e partidos do campo democrático e popular, esses comitês já somam cerca de 500 postos, com mobilização em todos os estados e inclusive no exterior.

‘O dia 24 está perto e é fundamental o envolvimento de toda nossa militância para divulgar a grande injustiça que pode ser cometida se Lula não for absolvido e reunir àqueles que creem na democracia e montem um comitê em sua rua, bairro’, declarou o deputado federal José Guimarães, expõe o portal digital.

Segundo o deputado estatal Fernando Mineiro a iniciativa é uma forma de ‘sair da zona de conforto da esquerda’ e conversar com a população sobre a importância de discutir a perseguição contra o ex-presidente.

‘Os comitês são uma reação dos setores democráticos à tentativa de que se cometa fraude nas eleições de 2018 pelo impedimento a Lula, por isso a militância deve estar presente nas redes sociais e sair às ruas’, enfatizou Mineiro.

Prensa Latina
Anúncios

Publicado em 18/01/2018, em Brasil, Lula. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: