Viver mais e melhor

O 14º Seminário Internacional Longevidade 2017 –que começou em 6 de junho, no Palácio das Convenções de Havana– aposta em uma longevidade ativa e satisfatória

Resultado de imagen para longevidad

«Porque se trata de que as pessoas vivam a maior quantidade de tempo possível, mas que vivam, ainda com maior qualidade de vida», o 14º Seminário Internacional Longevidade 2017 –que começou em 6 de junho, no Palácio das Convenções de Havana– aposta em uma longevidade ativa e satisfatória, explicou ao jornal Granma o doutor Raúl González Hernández, presidente do comitê organizador.

O encontro, organizado pela Associação Médica do Caribe (Ameca) e o Clube dos 120 anos, propõe o debate científico em temáticas que vão desde a genética, cultura, motivação, sexualidade, nutrição, alimentação, meio ambiente, atividade física, até os desafios para os sistemas de saúde, as cidades amigáveis e o saber envelhecer.

«O século 21 está cheio de oportunidades para expandir a vida, provenientes do desenvolvimento das ciências, a medicina, a cultura e a capacidade produtiva. Cuba, oferece um cenário único onde a ciência e a sociedade se unem de maneira articulada em função da vida dos seres humanos, e este espaço de trocas é um exemplo disso», precisou González Hernández.

A esperança de vida ao nascer hoje em Cuba é de 78,45 anos para ambos os sexos, 80 anos para as mulheres e 76 anos para os homens; mas a esperança de vida de toda pessoa que hoje completa as seis décadas é de 22 anos mais, e de quase nove anos para os que chegam aos 80, segundo as estatísticas sanitárias.

Paralelamente a Longevidade 2017 terão sessões os seguintes eventos: o 10º Encontro Internacional de Enfermagem, o 3º Simpósio Internacional de Saúde Bucal na Longevidade e o 12º Encontro de Centenários. Sua sessão inaugural serviu de espaço propício para uma homenagem ao professor Eugenio Selman-Housein Abdo e o lançamento do livro El Émulo de Avicena, que significa a gente modesta o sencilla; um texto ordenado por seu irmão Ricardo, que recolhe sua história e reconhece o papel importante que desempenhou como cientista e revolucionário, bem como os anos que dedicou ao Clube dos 120 anos.

Anúncios

Publicado em 08/06/2017, em Associação Médica do Caribe (Ameca), Cuba, Saúde. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: