Pela 1ª vez EUA se abstém de votar pelo embargo de Cuba

Os Estados Unidos anunciaram nesta quarta-feira (26/10), que vão se abster pela primeira vez em 25 anos na votação de uma resolução da ONU que condena o embargo econômico a Cuba. Historicamente, a diplomacia americana se opõe à condenação, votada anualmente pelas Nações Unidas.

O anúncio foi feito pela embaixadora americana na ONU, Samantha Power, e bastante aplaudido pelos 193 membros da Assembleia-Geral. Apesar da abstenção, a diplomata lembrou que os EUA se opõem à visão de que o embargo viola a legislação internacional e ainda mantêm discordâncias com as práticas do governo cubano.

O chanceler cubano, Bruno Rodríguez, elogiou a decisão americana de se abster, mas lamentou que o embargo continue. “O voto de abstenção seguramente é positivo para a melhora das relações entre nossos países”, disse. “Mas o bloqueio econômico persiste, provocando danos ao povo cubano e ao desenvolvimento do país.”

A resolução não tem valor legal, mas é votada todos os anos. A abstenção americana mostra, segundo analistas, que o governo de Barack Obama está disposto a levantar o embargo como parte da normalização das relações com a ilha. Essa decisão, no entanto, cabe ao Congresso, hoje controlado pelos republicanos. A resolução geralmente é aprovada e isso deve se repetir na votação desta quarta.

O Cafezinho

Anúncios

Publicado em 26/10/2016, em Cuba- bloqueio, Cuba-EUA. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: