Embaixadores de países não alinhados apoiam presidência da Venezuela

Resultado de imagen para banderas movimiento de paises no alineadosCaracas, A Venezuela tem hoje plenas capacidades e potencialidades para conseguir avanços e dar passos importantes para a paz quando assumir agora a presidência do Movimento dos Países não Alinhados (Mnoal), assegurou o embaixador do Irã aqui, Mustafá Alaei.

Durante a XVII Cúpula do Mnoal, que começa manhã na Ilha de Margarita -no estado insular de Nova Esparta-, esta nação receberá o comando do organismo das mãos do Irã.

Nesse sentido, o diplomata alertou sobre as intenções dos Estados Unidos, com ações dirigidas a neutralizar os planos do governo de Caracas e evitar qualquer avanço dentro do Mnoal.

Washington fará tudo o possível para que a Venezuela não tenha sucessos em seu mandato, portanto lhe espera um caminho de desafios, disse a uma rede de televisão local.

Destacou também os esforços realizados pelo presidente Nicolás Maduro a favor da estabilidade do mercado mundial de petróleo, para o qual apresentou propostas diante do resto dos produtores, integrantes ou não da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep).

Os combustíveis são agora uma ferramenta geopolítica fundamental para o bem-estar dos povos, por isso devemos apoiar a Venezuela em suas iniciativas dirigidas a recuperar os preços do petróleo, apontou.

Por sua vez, o embaixador da Índia em Caracas, Rahul Shrivastava, referiu-se à necessária refundação da Organização das Nações Unidas (ONU), promovida do Mnoal e um dos principais temas a serem discutidos na cúpula em Margarita.

As instâncias internacionais devem se adaptar às realidades atuais e respeitar os princípios de não interferência nos assuntos internos e a não agressão, apontou.

Entre outros temas a serem discutidos, destacam-se o aquecimento global, a luta contra o terrorismo, o desarmamento, a paz, o desenvolvimento dos povos e o reconhecimento e o direito da Palestina como Estado independente e livre, acrescentou Shrivastava.

A Índia estará presente com uma delegação de mais de 100 integrantes e espera-se que estejam presentes o vice-presidente Mohammad Hamid Ansari e o ministro de Estado para Assuntos Exteriores, Vijay Kumar Singh, anunciou o embaixador.

De 13 a 18 de setembro, a Ilha de Margarita receberá a XVII Cúpula do Mnoal, onde a Venezuela receberá a presidência pró-tempore até 2019. Dessa forma, a pátria de Simón Bolívar se converterá no terceiro território latino-americano a liderar o movimento, pois antes o fizeram Cuba e Colômbia.

Prensa Latina
Anúncios

Publicado em 12/09/2016, em Índia, EUA, Irã, Venezuela. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: