Evo Morales acusa Almagro de conspirar contra governos democráticos

La Paz, O presidente da Bolívia, Evo Morales, acusou o secretário geral da Organização de Estados Americanos (OEA), Luis Almagro, de conspirar contra os governos progressistas da região e respaldar ações desestabilizadoras contra a Venezuela.

Em sua condição de agente infiltrado do império, (Almagro) conspira contra os governos democráticos, afirmou o chefe de Estado em sua conta na rede social Twitter.

Ao convocar unilateralmente o Conselho Permanente da OEA, promove a intervenção planejada dos Estados Unidos na Venezuela, assinalou.
Na semana passada, Morales assegurou que se a OEA continuar sendo instrumento do império e não dos povos, seu país avaliará a saída desse organismo.

Ademais, condenou a decisão do máximo representante dessa entidade de convocar uma sessão extraordinária em 23 de junho para analisar a situação na Venezuela e convidou-o a não ser instrumento do intervencionismo dos Estados Unidos na América Latina.

“A Carta Democrática se aplica a ditaduras. Não é para governos democraticamente eleitos, nem para governos anti-imperialistas”, escreveu em seu perfil @evoespueblo.

Prensa Latina

Publicado em 23/06/2016, em Bolivia, Evo Morales, OEA. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: