Vidatox, tratamento cubano contra o câncer com veneno de Escorpião Azul

O veneno de Escorpião da espécie de Rhopalurus – endémica da ilha -tem sido usado por dois séculos em Cuba   como um tradicional remédio contra dor, inflamação e Neoplasias O consórcio farmacêutico cubano Labiofam   foi dado a tarefa de encontrar, além da explicação empírica, a  científica de seu efeito terapêutico. Ele encontrou.

Luego de 15 años de rigurosos y exhaustivos experimentos, demostró que, en efecto, el veneno de ese alacrán utilizado al ciento por ciento tiene, fuera de toda duda, efectos analgésicos (alivia del dolor), efectos antitumorales (frena e inhibe el crecimiento de tumores cancerígenos), efectos antinflamatorios y atimetastásicos (corta la irrigación sanguínea del tumor y de esa manera impide la expansión y reproducción de las células cancerígenas fuera del órgano de origen).

Após 15 anos de experimentos rigorosos e exaustivos mostrou que, na verdade, o veneno de Escorpião usado 100 por cento tem, sem dúvida:

  • efeito analgésico (alivia a dor),
  • efeitos anti-tumoral (restringe e inibe o crescimento de tumores cancerosos),
  • efeitos anti-inflamatórios e atimetastásicos (curta-irrigação de sangue do tumor
  • e, portanto, impede a expansão e reprodução das células cancerosas fora do corpo de origem).

Uma vez que a fase-piloto acabou, Labiofam desenvolvio uma fórmula homeopática a partir do veneno de  Rhopalurus junceus, que é chamado  Vidatox 30CH, que, em Março, ganhou o registo de saúde das autoridades cubanas, que já permite a sua comercialização na ilha.

A pesquisadora cubana, Caridade C. Rodríguez Torres fez ontem perante a  mídia mexicana uma declaração detalhada sobre o que foi o processo de experimentação com o veneno de Escorpião para o desenvolvimento da droga.

É a primeira vez que é oficialmente revelada essa informação fora da ilha, embora La Jornada tem notado esse processo em momentos diferentes.

Observe o testemunho da jornalista Clara Huacuja, colaborador desse Jornal, que há 10 anos voluntariamente foi submetida a tratamento com o veneno de maculatus Rhopalurus, ainda em etapa experimental.

(www.jornada.unam.mx/2010/04/07/index.php?section=politica&article=003n2pol).

Em sua palestra perante a mídia mexicana, realizada na Embaixada de Cuba, no México,  a especialista Caridade esclareceu que o Vidatox não é 100% veneno de Escorpião, mas uma fórmula derivada  coadjuvante no tratamento de câncer, que contribui para melhorar a qualidade de vida das pessoas afetadas pela doença até 85%.

Rodríguez Torres advertiu que o Vidatox só deve ser adquirida em Cuba, embora esteja agora no processo de registo em vários países, incluindo o México e avisou que qualquer produto que é vendido fora de Cuba com as supostas características do medicamento, neste momento é fraudulento.

Para complementar os benefícios mencionados acima  o Vidatox reúne características notáveis:

  • Sua toxicidade é abaixo os parâmetros aceitados em todo o mundo;
  • Não está em desacordo com o uso de tratamentos convencionais,
  • E em geral, seus efeitos colaterais são praticamente inexistentes.

De acordo com o especialista, o câncer é a segunda principal causa de morte no mundo e tende a se tornar o primeiro, então a droga aparece como uma alternativa ao tratamento natural, econômica e eficiente.

Em Cuba existem 47 espécies de escorpiões; destes 42 são endêmicos e o familia Buthidae é o Escorpião, cujo veneno tradicionalmente tem sido usado por mais de dois séculos para aliviar a dor, inflamação e doenças neoplásicas.

 

Vea: Impacto positivo em mais de 10 mil 500 pacientes

http://www.jornada.unam.mx/2010/10/05/index.php?section=ciencias&article=a03n2cie

Publicado em 21/06/2016, em Cuba. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: