Afirmam que a Prensa Latina derrubou política de isolamento dos EUA

Beirute, A Prensa Latina pôde derrubar em 57 anos a política de isolamento adotada pelos Estados Unidos para bloquear as vias de comunicação de Cuba, sua Revolução e os demais países latino-americanos, afirmou hoje um líder comunista libanês.

Em uma mensagem para parabenizar a agência fundada em 16 de junho de 1959, o presidente da Associação de Amizade Líbano-Cuba, Maurice Nohra, destacou que este meio de comunicação “desempenhou um papel jornalístico e político importante para tornar visível a situação em Cuba, a posição de seu governo e líderes”.

Nohra, um destacado e veterano dirigente do Partido Comunista Libanês, qualificou como positiva a visão da agência com sede em Havana para mobilizar correspondentes em diferentes partes do mundo e, particularmente em países árabes como Líbano, Egito e Síria.

“Soube reportar o mais destacado dos acontecimentos e problemas em diferentes regiões do mundo, tem sido um meio que pôde derrubar a política de isolamento de sucessivas administrações norte-americanas que bloquearam vias de comunicação de Cuba, sua Revolução e dos demais países”, enfatizou.

Agregou que o objetivo de Washington foi e continua sendo “cercar a ilha da liberdade e distorcer sua imagem e reputação”, mas em sintonia com a revolução tecnológica nos meios de comunicação, a agência consegue difundir com imediatismo o que acontece e influenciar a opinião pública.

Deste modo, prosseguiu, “multiplica-se a importância da Prensa Latina, que não se dedica em seu trabalho a ocultar fatos e enganar os povos, mas que transmite através de seus correspondentes no lugar do acontecimento a informação e a imagem da realidade tal como é”.

“Constitui uma referência certa para políticos e para os povos, contribui com o conhecimento necessário e mais amplo, bem como uma base para a análise política e uma visão mais abrangente para determinar uma opinião própria”, avaliou o também reconhecido ativista e amigo de Cuba.

Em sua felicitação a líderes, fundadores e todos os trabalhadores da agência de notícias, Nohra previu mais sucessos futuros e definiu como uma honra “ter uma forte amizade com Cuba, seu povo e seus líderes”.

Prensa Latina

Anúncios

Publicado em 17/06/2016, em América Latina, Cuba-EUA. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: