Cuba reafirma apoio pleno à Revolução bolivariana

cuba-minrex

Havana, Cuba reafirmou sua fé inquebrantável no triunfo da justa causa da Revolução bolivariana e chavista, ao reconhecer a dura e vitoriosa batalha empreendida pela Venezuela na recente Sessão Extraordinária do Conselho Permanente da OEA.

Essa posição foi divulgada em uma declaração do Ministério de Relações Exteriores hoje, afirmando que “o que aconteceu agora em Washington é uma nova evidência de que Nossa América mudou, ainda que a OEA siga sendo um instrumento irreformável de dominação dos Estados Unidos sobre os povos latino-americanos e caribenhos”.


A  seguir o texto da declaração na íntegra:

Declaração do Ministério de Relações Exteriores (MINREX)

A fraterna República Bolivariana da Venezuela empreendeu uma dura e vitoriosa batalha diplomática na Sessão Extraordinária do Conselho Permanente da Organização de Estados Americanos, realizada na quarta-feira, primeiro de junho, contra o plano intervencionista do imperialismo e das oligarquias.

Também fez valer o princípio de não intervenção nos assuntos internos dos Estados e o direito destes a eleger, sem ingerências externas, seu sistema político, econômico e social, plasmado na Proclamação da América Latina e do Caribe como Zona de Paz, assinada pelos Chefes de Estado e de Governo durante a Cúpula da Comunidade de Estados Latino-americanos e Caribenhos, realizada em Havana, em janeiro do 2014.

Surpreende a maneira histérica, torpe e nada ética com que o Secretário Geral da OEA tenta a todo custo servir interesses obscuros.

O senhor Almagro tentou agora aplicar a Carta Democrática Interamericana, em particular seu artigo 20, dirigido supostamente a lidar contra rupturas ou alterações graves da ordem constitucional, que não foi invocada no golpe militar de 2002 contra o presidente Hugo Chávez Frías, nem para condenar os golpes de Estado nem as tentativas golpistas que nos últimos quinze anos estremeceram a região, exceto em um único caso de 2009, no qual os Estados Unidos e algumas forças de direita fizeram forte resistência. Para aplicar a Carta sem mandato dos Estados Membros, se atribuindo prerrogativas que não têm, com ajuda de elementos da oposição golpista venezuelana e de outros personagens reacionários de reputação duvidosa, escreveu um relatório calunioso e de ingerência que, em violação dos protocolos, foi divulgado publicamente.

Tudo parecia dispor um caminho vitorioso, mas o Secretário Geral, os burocratas da OEA e seus mentores truculentos esqueceram que não vivemos em 1962, quando com cumplicidade vergonhosa se julgou e condenou Cuba socialista.

Fizeram diferença o tom dos debates, as fortes denúncias do papel indecente do Secretário Geral, as firmes posições dos países irmãos da ALBA-TCP, os argumentos serenos dos que elegeram o diálogo, o respeito entre nações e a paz como normas de sua diplomacia, assim como a resistência caribenha, comedida porém clara, ao convite traidor contra a Venezuela.

O Ministério de Relações Exteriores considera que o que aconteceu agora em Washington é uma nova evidência de que Nossa América mudou, ainda que a OEA siga sendo um instrumento irreformável de dominação dos Estados Unidos sobre os povos latino-americanos e caribenhos, e recorda o que expressou o Presidente Raúl Castro Ruz em dezembro do 2008, reiterado no recente VII Congresso do Partido Comunista de Cuba, quando parafraseando José Martí disse que “antes de que Cuba volte à OEA, se unirá o mar do Norte ao mar do Sul e nascerá uma serpente de um ovo de águia”.

À Revolução bolivariana e chavista, solidária e generosa, ao Presidente Nicolás Maduro Moros, à união cívico-militar e a seu bravo povo, reiteramos uma vez mais o pleno apoio do Povo e do Governo Revolucionário cubanos e nossa inquebrantável fé no triunfo de sua justa causa.

Ministério de Relações Exteriores
Havana, 2 de junho de 2016

(Prensa Latina)

Anúncios

Publicado em 03/06/2016, em Cuba, Venezuela. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: