Continua tributo a Fidel no cemitério Santa Ifigenia

fidelSANTIAGO DE CUBA.— O povo de Santiago de Cuba e inúmeras pessoas que visitam a cidade continuam prestando tributo ao Comandante-em-chefe da Revolução Cubana Fidel Castro Ruz, no cemitério patrimonial Santa Ifigenia, onde foram depositadas suas cinzas, em uma singela cerimônia, na manhã de domingo, 4 de dezembro.

A partir da tarde do próprio dia 4 de dezembro viu-se uma longa fila de pessoas que vêm, muitas delas com flores nas mãos, passar diante do túmulo, em silêncio, devagar.

Às sete horas da manhã de 5 de dezembro, quando se reiniciou o plantão de honra, esperavam os estudantes do pré-universitário Rafael María de Mendive, onde Fidel fez seus estudos primários e muitos deles colocaram suas mãos abertas à altura da testa, quando passaram diante dele, da mesma forma que reverenciamos Che Guevara. Leia o resto deste post

A oposição em Cuba pode se frustrar de novo

Por Hélio Doyle, de Havana

f0073039_28ea7O luto oficial pela morte de Fidel Castro terminou no domingo e Cuba volta à rotina. Foram nove dias de intensa mobilização da população: filas imensas durante dois dias e duas noites para as homenagens na Plaza de la Revolución, em Havana; as pessoas nas ruas e rodovias para ver passar a “caravana da liberdade” que percorreu o país com suas cinzas; dois atos, em Havana e Santiago de Cuba, que reuniram multidões gritando “Yo soy Fidel” – ou seja, cada cubano assume o lugar do “comandante”, que “não morreu, multiplicou-se”. Leia o resto deste post

Eu sou Fidel

f0010417

PCdoB destaca empenho de Fidel na defesa da paz e da vida humana

 

CubaDebate

Fidel Castro e Elián, a criança resgatada dos EUA para voltar aos braços do pai em Cuba. Esta batalha, segundo o próprio Fidel, foi uma das mais emblemáticas de seu país e demonstra seu comprometimento com a infância e a dignidade de seu povoFidel Castro e Elián, a criança resgatada dos EUA para voltar aos braços do pai em Cuba. Esta batalha, segundo o próprio Fidel, foi uma das mais emblemáticas de seu país e demonstra seu comprometimento com a infância e a dignidade de seu povo

Ao longo de 16 tópicos, o Comitê Central destaca os avanços obtidos em Cuba após a revolução que derrubou a ditadura de Fulgêncio Bastista, com foco na saúde, na educação e na qualidade de vida da população cubana. “A triste realidade da sociedade cubana foi transformada radicalmente. Se antes da revolução a expectativa de vida no país era de 62 anos, hoje, segundo a ONU, é de 79,07 – maior do que a dos Estados Unidos (78,74) e do que a do Brasil (73,62), países infinitamente mais ricos do que a ilha caribenha”. Leia o resto deste post

FIDEL

f0073815

O permanente ensinamento de Fidel é que tudo pode ser feito

Discurso do primeiro secretário do Comitê Central do Partido e presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros, general-de-exército Raúl Castro Ruz, no ato político em homenagem póstuma ao Comandante-em-chefe da Revolução Cubana, Fidel Casto Ruz, na Praça major-general Antonio Maceo Grajales, Santiago de Cuba, em 3 de dezembro de 2016, “Ano 58º da Revolução”.

Leia o resto deste post

Fidel, por Eduardo Galeano

cyuw4anxcaaxv_vSeus inimigos dizem que foi rei sem coroa e que confundia a unidade com a unanimidade.

E nisso seus inimigos têm razão.

Seus inimigos dizem que, se Napoleão tivesse tido um jornal como o Granma, nenhum francês ficaria sabendo do desastre de Waterloo.E nisso seus inimigos têm razão.

Seus inimigos dizem que exerceu o poder falando muito e escutando pouco, porque estava mais acostumado aos ecos que às vozes.E nisso seus inimigos têm razão.

Mas seus inimigos não dizem que não foi para posar para a História que abriu o peito para as balas quando veio a invasão, que enfrentou os furacões de igual pra igual, de furacão a furacão, que sobreviveu a 637 atentados, que sua contagiosa energia foi decisiva para transformar uma colônia em pátria e que não foi nem por feitiço de mandinga nem por milagre de Deus que essa nova pátria conseguiu sobreviver a dez presidentes dos Estados Unidos, que já estavam com o guardanapo no pescoço para almoçá-la de faca e garfo. Leia o resto deste post

Nós dizemos a partir daqui: Até a Vitória Sempre

cypa4qvuuaafcrm

Estimados chefes de Estado e de Governo;

Chefes das delegações;

Personalidades proeminentes;

Amigos todos;

Querido povo de Cuba (Aplausos)

Embora me caiba proferir o discurso final, em 3 de dezembro próximo, quando estejamos na Praça da Revolução Antonio Maceo, em Santiago de Cuba, agora eu desejo expressar, em nome do nosso povo, Partido e Governo, bem como da família, a sincera gratidão por sua presença neste ato (Aplausos), pelas palavras emocionantes que foram expressas aqui e também pelas expressões extraordinárias e incontáveis de solidariedade, carinho e respeito recebidos do mundo todo, nesta hora de dor e comprometimento.

Fidel dedicou sua vida à solidariedade e liderou uma revolução socialista “dos humildes, pelos humildes e para os humildes”, que se tornou um símbolo da luta anticolonial, antiapartheid e antiimperialista, pela emancipação e a dignidade dos povos. Leia o resto deste post

INVICTUS

invictus

Luciana Santos sobre morte de Fidel: “transformar o luto em luta”

Luciana SantosDeputada Luciana Santos sobre a morte do ex-presidente cubano Fidel Castro:

Hoje, os que lutamos por um mundo mais justo e fraterno nos encontramos de luto pela morte do Comandante em Chefe da Revolução Cubana, ex-presidente Fidel Castro Ruz, que aconteceu na noite desta sexta-feira (25), em Havana, Cuba.

Ícone de gerações, Fidel embalou os sonhos daqueles que acreditam que esse mundo tem jeito. Lutou pela libertação do povo cubano, trabalhou cotidianamente pelo sucesso da revolução, fazendo de Cuba um exemplo para países de todo o mundo na gestão da saúde e da educação públicas e na prática da solidariedade internacional. Desafiando a maior potência imperialista do planeta, Fidel liderou uma das mais belas experiências de socialismo no mundo.

Hoje nos rendemos à tristeza natural pela despedida a um grande líder, ao mesmo tempo nos inspiramos em seu pensamento e seu legado para transformar a lágrima em prática revolucionária, para transformar o luto em luta.

Viva Fidel! Fidel Vive!
Luciana Santos
Deputada Federal – PE
Presidenta nacional do PCdoB

%d blogueiros gostam disto: