Sobre o comandante-chefe Fidel Castro

Imagen relacionada

Qual o legado de Fidel? A biógrafa autorizada do comandante e o mais jovem preso político exilado do Brasil respondem

Neste 13 de agosto, se estivesse vivo, Fidel completaria 91 anos. Viveu por exatas nove décadas, sendo testemunha dos maiores acontecimentos políticos do século 20 e ator fundamental da luta que impactou definitivamente a história da América Latina: a Revolução Cubana. Assim como o tempo em que viveu, Fidel é complexo e ao falar sobre ele.

Sem a pretensão de esgotar o assunto ou de falar sobre Fidel com qualquer falso distanciamento objetivo, procuramos Ernesto Nascimento e Cláudia Furiatti, dois brasileiros que moraram em Cuba e, à sua maneira, estiveram próximos dele. Eles conversaram conosco sobre a imagem que têm do líder cubano e do legado que fica após sua morte, em 25 de novembro de 2016.

Leia o resto deste post

Frei Betto: Legados de Fidel

Ele não temia a crítica e não se furtava à autocrítica, foi um revolucionário vitorioso.

Un coche clásico pasa frente a un gran cartel con diferentes imágenes del líder de la revolución cubana Fidel Castro, en el día de su 91 cumpleaños.

Por Frei Betto

O líder máximo da Revolução Cubana, Fidel Castro, faria 91 anos em 13 de agosto de 2017. Faleceu em novembro do ano anterior. No aniversário de 90 anos estive em sua casa, em Havana. Participei, em seguida, da homenagem festiva que lhe foi prestada no Teatro Karl Marx. Embora com o organismo frágil, tinha a cabeça tão lúcida e ágil de quando o conheci, em 1980.

Leia o resto deste post

As contribuições extraordinárias do internacionalismo médico de Cuba

El presidente de Cuba, Fidel Castro, en un discurso en la graduación de miles de médicos.As contribuições extraordinárias do internacionalismo médico de Cuba devem sua origem ao legado do Comandante-em-chefe Fidel Castro Ruz, máximo impulsionador da solidariedade com os povos do mundo e edificador deste princípio como base fundamental da política externa da Revolução a partir de seu surgimento.

Mencionar as façanhas dos médicos cubanos no Haiti, Paquistão, África, América Latina e outros lugares açoitados pelas epidemias, furacões, sismos de grande magnitude e outras catástrofes naturais, faz com que se pense em um propósito marcado por beneficiar os mais pobres do mundo, mudar os baixos índices nas estatísticas da saúde e contribuir para a melhora dos serviços médicos precários.

Leia o resto deste post

Exemplo, intransigência revolucionária e fé permanente na vitória

Resultado de imagen para Fidel

Fidel está em qualquer lugar em que se trabalhe, Fidel espiritualmente está em qualquer lugar em que a Revolução avance. Fidel está em qualquer lugar em que uma intriga se destrua, em qualquer lugar em que um cubano se encontre trabalhando honradamente, em qualquer lugar em que um cubano, seja quem for, se encontre fazendo o bem, em qualquer lugar em que um cubano, seja quem for, esteja defendendo a Revolução, ali estará Fidel.

Cienfuegos, 5 de setembro de 1959

Raúl Castro Ruz

Leia o resto deste post

Carta de Raúl ao presidente Nicolás Maduro Moros

Resultado de imagen para cuba y venezuela

A demonstração de respaldo popular foi clara e rotunda, fiel ao legado do Libertador Simón Bolívar e do presidente Hugo Chávez Frías, expressou o presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros de Cuba em sua carta, referindo-se às eleições e à instalação da Assembleia Nacional Constituinte

Leia o resto deste post

Quem acreditaria nisso? : México e a CIA contra a Venezuela

Imagen relacionadaMéxico (Prensa Latina) O governo do presidente Enrique Peña Nieto abandonou de jeito cru a sua tradicional doutrina Estrada em matéria de política externa, após anunciar cooperarão com o governo dos Estados Unidos nas sanções contra a Venezuela.

A subsecretária de Fazenda mexicana, Vanessa Rubio, disse que a administração de Peña Nieto entregará informação fiscal e financeira sobre funcionários e ex-responsáveis venezuelanos contra os que Washington ditou sanções.
Leia o resto deste post

Membros da brigada estadunidense expressam seu apoio à Revolução Cubana

Resultado de imagen para apoyo a cubaA vontade de conhecer a construção do socialismo e de apoiar a Revolução motivou a visita dos membros da 48ª Brigada Venceremos, procedentes dos Estados Unidos, à Ilha maior das Antilhas, de 23 de julho a 4 de agosto.

Em conversação com o semanário Granma Internacional, no Acampamento Internacional Julio Antonio Mella, localizado no município Caimito, Artemisa (lugar de hospedagem), os membros da brigada manifestaram que trocaram experiências com a população, familiarizaram-se com os projetos comunitários, percorreram lugares históricos e assistiram ao ato central pelo dia 26 de julho, na província de Pinar del Río.

Leia o resto deste post

Declaração do Ministério das Relações Exteriores do Cuba sobre a Venezuela

Imagen relacionadaNO domingo 30 de julho de 2017, durante as eleições para a Assembleia Nacional Constituinte na República Bolivariana da Venezuela, o povo venezuelano demonstrou ao mundo que é dono pleno dos seus direitos soberanos e que milita decisivamente do lado da paz, em defesa da segurança cidadã, da independência e a livre determinação de sua Pátria, como fez ao longo de toda a história da América Latina e o Caribe, desde Bolívar.

Venezuela foi às urnas como nunca antes havia ocorrido em um processo constituinte. Esse povo, que desafiou os bloqueios, os protestos de rua, as sabotagens econômicas e as ameaças internacionais, derrotou com seus votos a estratégia do imperialismo e as oligarquias e de uma oposição que não vacilou na hora de desatar as expressões mais brutais de crueldade. Ofende o cinismo de todos os que pretendem culpar o governo e os defensores do povo dos crimes cometidos.

Leia o resto deste post

Nada podia impedir que fossem achados

«…não porque o queimem, / porque o dissimulem sob terra, / porque o escondam / em cemitérios, florestas, páramos, / vão impedir que o encontremos, / Che Comandante, / amigo. / Está em toda parte, / vivo, como não queriam»

Nicolás Guillén

Resultado de imagen para el che en la lucha

Leia o resto deste post

O povo da Nicarágua pode sempre contar com a solidariedade e o apoio incondicional dos revolucionários cubanos

O membro do Bureau Político e primeiro vice-presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros, Miguel Diaz-Canel Bermudez disse que «hoje, mais do que nunca, é essencial para construir e fortalecer a unidade dos nossos povos”

Companheiro comandante Daniel Ortega Saavedra, presidente da República da Nicarágua; companheira Rosario Murillo; companheiro Evo Morales Ayma, Presidente do Estado Plurinacional da Bolívia; companheiro Salvador Sánchez Ceren, presidente da República de El Salvador; companheiras e companheiros participantes do Fórum de São Paulo; irmão povo da Nicarágua:

Ao chegar ao 38º aniversário da Revolução Sandinista, recebam as felicitações do povo cubano e do governo e o abraço do presidente dos Conselhos de Estado e de Ministros, general-de-exercito Raúl Castro Ruz.

Leia o resto deste post

%d blogueiros gostam disto: